Sunday, December 10, 2006



Noites de verão


Poucas coisas há de tão lindo no mundo, como as noites de verão. Digo, as noites cariocas e quentes de verão. Sim, talvez haja outras noites lindas por aí, mas vou falar da que conheço.

A minha noite geralmente começa no ônibus, quando estou indo do trabalho para casa. É aquele momento em que o sol vai se pondo, e começa uma brisa fresca a entrar pelas janelas. Tudo nesse horário é belo... as cores oferecidas pelos raios de Sol, as pessoas voltando para casa, comprando o pão quentinho nas padarias, reunindo-se nas calçadas para conversar, as luzes se acendendo pouco a pouco pelas ruas, praças e casas. O Sol então se põe, e a princesa da noite brilha intensa no céu. A luz da Lua me inebria... Suavemente, envolve cada elemento. Tudo brilha com ela. Cada morro, cada árvore, cada construção vai recortando o céu estrelado, que clareia docemente as folhas, gramas, janelas e pessoas.

O que há de mais especial nas noites de verão é o cheiro. Há um perfume diferente no ar... cheiro de verde, de árvore, de flor. Romanticamente aliado à Lua, embala o ritmo tranqüilo das horas... As pessoas então se reúnem, os casais se encontram, os amigos formam rodas animadas, as famílias distraem-se entre o churrasquinho, a conversa boa, Fantas, Cocas e cervas geladas...

Dá então uma vontade de voar mais longe. Dá vontade de deitar na areia da praia e ficar ali, sorvendo a graça celeste, ouvindo o barulho das ondas do mar. Dá vontade de sentir a areia fresca, misturada à água, sob meus pés... ver as luzes da Cidade Maravilhosa a iluminar a orla e os restaurantes. E então, na adiantada madrugada, voltar de carro pela estrada, ouvindo música boa. Observar a cidade noturna, com seus pontinhos luminosos, formando um segundo céu. Chegar aqui e, como borboleta que sou, voar até o topo da árvore mais bela e perfumada. E sob flores, luzes e ventos lunares, sonhar acordada, entrelaçada ao meu amor...

Até que a subida do viaduto me faz lembrar que estou chegando em casa. Puxo a campainha e desço do ônibus, saindo aos poucos do devaneio. Não tenho mais areia, mar, carro, estrada, música, tampouco amor. Mas ainda tenho a Lua e as estrelas, as árvores e as flores, a brisa e a luz, que ainda me fazem sentir a alegria de viver, sendo quem sou, e estando onde estou. Uma simples e feliz partícula do Planeta Azul.

10 Comments:

Anonymous Alex said...

Amanda, este teu trajeto numa noite cotidiana de verão me fez suspirar. Pude viajar junto, tantas cenas bonitas, as luzes, pessoas, os cheiros. Tb adoro esta hora, mesmo não gostando muito do verão, e ele daqui a pouco taí, né? Delícia... fiquei embriagado com as cenas tudo muito amplo, cheio, e de repente você se mostra pequena, a partícula no meio deste mundão... muito bom! Beijos, agora vou ali embaixo ver o que perdi.
PS: pode me linkar sim, viu? Fiz o mesmo para não te perder de vista ;)

12:01 PM  
Anonymous Enoisa said...

Bem vinda, Amanda!! E tá lindo seu texto! Beijinhos e boa semana!!

6:59 PM  
Blogger Amanda said...

Olá Alex!

Eu gosto de todas as estações do ano. Todas elas tem algo de especial... Mas nada se compara ao verão. Ele sempre teve um gostinho todo especial para mim, especialmente à noite. De dia, onde eu moro, às vezes faz 42º. Nada dá vazão a tando calor. Mas é bom mesmo assim...

Adorei a sua visita! Seja sempre bem-vindo!!!

PS: Já está devidamente linkado, viu? :-)

6:50 PM  
Blogger Amanda said...

Olá Enoisa!!!

Obrigada pela visita, e pelos elogios!

Volte sempre neste cantinho!!!

Abraços...

6:52 PM  
Anonymous Alex said...

Outro beijo!

10:04 AM  
Blogger hdsbhsdbfiha said...

Nunca mais parei para andar por ai..numa noite d everão..caminhar..sabe como é ..to precisando disso!!!

que bom que ta de volta!1
bj

4:25 PM  
Blogger Amanda said...

Olá Priscila!

Que bom te ver por aqui! Seja bem-vinda de volta...

Ultimamente tenho viajado bem mais por pensamento que na prática mesmo. Mas é sempre bom... o importante é nunca tornar-se insensível às coisas belas da vida.

Grande abraço!!!

8:53 PM  
Blogger Marilyn said...

Nada como um céu de todas as cores!
É lindo!
O de Brasília é o nosso mar!
Beijo!

4:34 PM  
Anonymous Enoisa said...

Amanda, quero desejar prá ocê e sua família uma noite de Natal de muita alegria!! Beijinhos!

1:56 PM  
Blogger hdsbhsdbfiha said...

Feliz Natal!

5:09 AM  

Post a Comment

<< Home

|